Aluguel

Fiador de imóveis: como funciona?

fiador como funciona?

Você com certeza já ouviu falar a palavra fiador. Se você já alugou um imóvel, seja como proprietário ou locatário, pode ser que tenha até usado um fiador. Mas você sabe tudo que é preciso para ser um fiador? Ou sabe quais são os deveres do fiador? 

Bom, no blog abordaremos essas questões para não restar nenhuma dúvida. É importante estar por dentro desse assunto, porque muitos casos de aluguel exigem um fiador. Vamos lá?

O que é um fiador de imóveis?

Para quem nunca alugou com fiador, é uma pergunta básica a se fazer. O fiador é uma pessoa física ou jurídica que vai ser responsável pela dívida do locatário caso o mesmo não compareça com suas responsabilidades que estão previstas no contrato de aluguel. Dessa maneira, o locador fica resguardado com essa garantia de que há alguém para saldar quaisquer dívidas e o cumprimento de outros deveres.

Além disso, o fiador retira a necessidade de um cheque caução ou de pagamento de seguro fiança, já que ele estará cumprindo esse papel.

Quem pode ser fiador de imóveis?

Pode ser fiador qualquer pessoa física ou jurídica que possua renda líquida superior a 3 vezes o valor do aluguel, com gastos como condomínio e IPTU incluídos, que são os encargos da locação. É necessário que pelo menos um dos fiadores possua patrimônio, geralmente um imóvel quitado. Sim, é possível ter mais de um fiador!

Além disso, caso o fiador seja casado, é necessário que o cônjuge assine o contrato de locação também. 

Já no caso do fiador ser pessoa jurídica, somente o administrador da empresa deve assinar o contrato. Mas é preciso que o contrato social da empresa permita que a pessoa seja fiadora.

 Quais são os deveres do fiador?

Como fiador, a pessoa tem todas as responsabilidades que o contrato impõe para o locatário. Dessa forma, o fiador deve cumprí-las caso o locatário falhe em algum aspecto. Isso vai desde o pagamento do aluguel até o zelo pelo imóvel. O locador tem o direito de acionar o fiador em qualquer momento que sinta que o locatário está faltando com suas responsabilidades. 

O que é preciso para ser fiador? 

Alguns documentos são necessários, além de um dos fiadores, como dissemos acima, ser dono de um património.

Confira a lista: 

Para o fiador pessoa física

Se o fiador for pessoa física, é necessário apresentar os seguintes documentos para cada fiador e seu cônjuge:

  • Ficha cadastral preenchida e assinada;
  • Documentos de identidade (RG, CPF);
  • Comprovante de residência;
  • Comprovante de renda superior a 3 vezes aluguel e encargos;
  • Declaração do último Imposto de Renda;
  • Cópia da matrícula atualizada  do imóvel (caso possua imóvel);
  • Comprovante de estado civil: Certidão de Nascimento/Casamento/Separação/ Óbito.

Para o fiador pessoa jurídica

Se o fiador for pessoa jurídica, os documentos que devem ser apresentados à imobiliária são:

  • Ficha cadastral preenchida e assinada;
  • CNPJ e Inscrição Estadual;
  • Comprovante de endereço;
  • Contrato Social e última alteração contratual;
  • RG, CPF e comprovante de endereço dos sócios;
  • Último balanço e 2 últimos balancetes;
  • Última declaração de Imposto de Renda;
  • Caso tenha imóveis, veículos, ou outro bem, deve apresentar os comprovantes.

Importante: A imobiliária poderá solicitar outros documentos, caso seja necessário.

Agora que você já sabe um pouco mais sobre o fiador, que tal escolher seu próximo lar com a gente? A Madia oferece milhares de imóveis no nosso site. Confira!