Mercado Imobiliário

Três dicas para comprar imóveis

Seja para sair do aluguel e realizar o sonho da casa própria ou para investir, formar um patrimônio e garantir uma fonte de renda para o futuro, antes de comprar imóveis e sempre bom ficar atento a estes três pontos:

1) Faça um bom planejamento financeiro

Antes de comprar um imóvel é importante organizar as finanças e adotar um estilo de vida compatível com a renda e com os objetivos definidos. Em caso de financiamento, modo de compra mais utilizado por quem vai adquirir o primeiro imóvel, é preciso fazer as contas e verificar se será capaz de pagar as parcelas durante os próximos anos ou até décadas.

Ao fazer um planejamento é possível saber quais serão as receitas e despesas futuras e descobrir se será capaz de suportar o peso da dívida no orçamento por um longo prazo. Antes de comprar o imóvel comprometendo 10%, 20% ou 30% da renda mensal, é interessante tentar viver alguns meses poupando a parte da renda familiar que será comprometida. Se as contas não fecharem, é bom rever os planos.

Caso a experiência dê certo e a se decida pelo financiamento, é bom sempre dar o maior valor possível na entrada do financiamento, pois quanto menor o prazo de financiamento, menores serão os juros cobrados ao longo da dívida, as parcelas e as chances de cair na inadimplência.

Ainda falando sobre o planejamento financeiro antes da compra, não se pode esquecer das taxas existentes ao adquirir um imóvel, como o Imposto sobre Transmissão de Bens Imóveis (ITBI), as taxas cartoriais, entre outras, que não entram no valor do imóvel.

2) Conheça bem a região

Fazer um estudo da região em que se localiza o imóvel é interessante para evitar problemas que dificultem a adaptação a nova casa ou a conseguir um comprador ou locatário. Variáveis como vizinhança, segurança do bairro, proximidade a farmácias, hospitais, supermercados ou estabelecimentos barulhentos devem ser levados em consideração antes de bater o martelo da compra.

Um erro recorrente neste sentido é visitar o imóvel somente aos finais de semana. Nestes dias as cidades são muito diferentes, mais silenciosas e com menos trânsito. Sendo assim o ideal é visitar o imóvel em horários e dias distintos para entender como a dinâmica da região.

3) Tenha curiosidade

Na hora de comprar um imóvel não se deve ter vergonha de perguntar e nem preguiça. É perguntando que se consegue entender a diferença de preços entre dois imóveis que parecem semelhantes. É visitando o imóvel, e não por fotos, que se descobre o real estado das instalações de modo geral. É pesquisando que se foge dos riscos de descobrir dívidas ou problemas documentais após realizar o negócio.